09 de Maio 2017

Rio Grande do Norte passa por inspeção da Corregedoria

O Tribunal de Justiça e as serventias extrajudiciais do Rio Grande do Norte recebem, até sexta-feira (12/5), inspeção de rotina da Corregedoria Nacional de Justiça.

O foco é verificar, entre outras coisas, gabinetes de desembargadores, varas da capital Natal e de cidades do interior, como Mossoró e Parnamirim, condições de trabalho dos servidores, atendimento ao cidadão, se os prazos processuais estão sendo cumpridos e a produtividade dos juízes.

A inspeção está a cargo do juiz substituto de 2º grau Carlos Vieira von Adamek, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP); e dos juízes de direito Marco Antonio Boscaro e Ricardo Scaff, ambos também do TJSP; Rui de Almeida Magalhães, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG); José Luiz Lindote, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT); Márcio Evangelista, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT); e Sandra Silvestre, do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO).

Durante o procedimento, determinado pela Portaria n. 14 de 5 de abril de 2017, os trabalhos forenses e/ou prazos processuais não serão suspensos.

Ao longo de sua gestão, o corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, pretende inspecionar todos os Tribunais de Justiça do país. Até agora, já passaram pelo procedimento de inspeção os estados de Sergipe, Piauí, Espírito Santo, Maranhão, Amapá e Pará e, por correição, o Ceará.

Corregedoria Nacional de Justiça

Fonte: CNJ

Fonte: post