08 de Abril 2018

Dia mundial de combate ao Câncer alerta a população sobre os cuidados com a saúde

O Dia Mundial de Combate ao Câncer, celebrado anualmente no dia 8 de abril, foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com a finalidade de chamar a atenção e conscientizar a população sobre a importância dos cuidados preventivos, consultar sempre os médicos e ter hábitos saudáveis para prevenir a doença.

Também conhecido como Neoplasia, o Câncer é um conjunto de mais de 100 doenças que se caracteriza pelo crescimento irregular das células, que se multiplicam desordenadamente e invadem tecidos e órgãos, provocando o surgimento de tumores. Os fatores que contribuem para o surgimento da doença estão ligados em sua maioria à causas externas, mas também podem ter origem em fatores internos, geralmente predeterminados  geneticamente.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), os tipos de câncer mais comuns no Brasil são o câncer de pele, câncer de próstata, câncer de mama, câncer de cólon e reto, câncer de pulmão e câncer de estômago. Manter hábitos saudáveis é considerado a melhor forma de combater a doença, bem como fazer uma dieta equilibrada e praticar exercícios regularmente, evitando fatores de risco como o alcoolismo e o tabagismo, exposição excessiva ao sol, além de consultar o médico e fazer exames periodicamente.

Cuidar regularmente da saúde é importante para prevenir o Câncer

No ano de 2011, enquanto realizava um check-up anual de rotina, o Juiz André Luís Medeiros de Pereira, à epoca com 44 anos, deparou-se com uma taxa bastante elevada em um dos exames. Após um longo período de investigação, medos e incertezas, veio o temido diagnóstico: carcinoma na papila duodenal.

Local muito delicado, próximo ao estômago, demandou urgência no tratamento. Encaminhado para uma cirurgia na semana seguinte, bem no dia do seu aniversário, não se deixou abater pela angústia. "Era o dia do meu aniversário de 45 anos, mas mantive a fé em Deus e encontrei forças na minha filha Camila, então com 5 anos de idade. Prometi a ela que voltaria para casa e voltei" relata.

Foram 10 horas de cirurgia, 2 dias na UTI e mais 10 dias internado. Um mês depois, mais 4 meses de quimioterapia , tratamento que considerou sofrido, pois esgota o corpo e as suas forças, que perduraram quase 2 anos após o recurso terapêutico. Em setembro do ano seguinte - após grande insistência com o Plano de Saúde para a realização de um exame - outro diagnóstico de câncer, desta vez na tireoide. A cirurgia foi mais rápida, mas demanda cuidados até os dias atuais, com a ingestão diária de hormônios que seriam produzidos pelo órgão retirado.
André Medeiros conta que não foi fácil: "Mas valeu a pena. Não saberia tomar outro caminho senão enfrentar, pela minha filha e a minha família. Descobri que tenho muitos amigos, mais do que imaginava. E amigos fiéis, que sofreram e me ajudaram nesta batalha." Ano passado, 5 anos depois da última cirurgia, o diagnóstico de cura veio como uma vitória, "Só posso dizer que foi um milagre de Deus" diz, agradecido.
Diante de tudo que passou, André finaliza: "O que posso dizer a todos é que sempre façam check-ups para verificar a saúde, não guardem doenças, descubram as causas, tratem e se curem. Vençam! E nunca percam a fé em Deus , se não a tem, busquem. Ele nunca falha. "

Fonte: post