05 de Novembro 2018

Juiz destina dinheiro de penas pecuniárias para projeto social em Jucurutu

O juiz Mark Clark Santiago, titular da comarca de Jucurutu, determinou a destinação de R$ 13 mil ao projeto social Polícia Mirim, "Jovens Cidadãos", existente naquela cidade.

O dinheiro, proveniente da aplicação de penas pecuniárias (medida alternativa à prisão, que pune por meio de multas, infratores que cometem delitos de menor potencial ofensivo), será destinado através do Edital nº 001/2017, que determina a apresentação de projetos para o cadastramento de instituições públicas e privadas aptas a receberem o beneficio.

A Agência de Desenvolvimento Sustentável de Jucurutu (ADESJ), responsável pelo projeto, solicitou o recurso para a compra de fardamento, que será produzido por uma costureira local e outros gastos. A entidade terá o prazo de 30 dias para apresentar a prestação de contas.

O Sargento Edivaldo, idealizador do projeto na cidade de Jucurutu e responsável por expandi-lo para as cidades de Florânia, Santana do Matos, São Fernando e Jardim de Piranhas, relatou em entrevista à rádio local que o projeto enfrentou algumas dificuldades na cidade de origem, mas que graças ao apoio recebido pelo magistrado está sendo retomado. Além do fardamento, um notebook também foi comprado para dar suporte ao trabalho desenvolvido com os jovens.

Com informações do TJRN

Fonte: post